Peeling Químico

O que é o Peeling Químico​?

Há muitas maneiras de se fazer o peeling. O peeling químico, que, como o nome diz, promove essa descamação da pele através da aplicação de substâncias químicas.

Qual a vantagem do Peeling Químico?

mmp
pontos_md_codes

O peeling químico, como pode ser superficial, médio ou profundo, apresenta diversos benefícios, entre os quais, o tratamento das rugas e linhas de expressão, acne, manchas senis, cicatrizes de acne, redução da oleosidade, fotoenvelhecimento, redução da oleosidade, aumento da produção de colágeno.

Dúvidas

sobre o Peeling Químico​

Como funciona o peeling químico?

Através da aplicação de agentes químicos, específicos, camadas superficiais da pele serão “destruidas”.

Isso promove uma regeneração cutânea. Essa técnica acelera a renovação da pele e pode ter diferentes níveis: superficial, médio e profundo.

Os peelings superficiais são realizados em etapas, pois a descamação é fina. Já os peelings médios e profundos são feitos com aplicações únicas.

Nos peelings profundos a descamação é mais intensa e há a formação de crostas. O dermatologista avaliará cada caso para determinar a melhor opção de tratamento possível.

Dependendo da substância utilizada para o peeling profundo, o dermatologista solicita uma avaliação cardiológica antes da aplicação.

Quais as substâncias usadas no Peeling Químico

Fenol: atinge intensamente a pele e é utilizado para a realização do peeling profundo há cerca de um século. É indicado somente para tratar peles muito claras e com muita incidência de rugas.

Ácido tricloroacético: substância que pode ser combinada com outros agentes para a realização de um peeling médio.

Ácido salicílico: utilizado na realização de um peeling superficial.

Solução de Jessner e ácido glicólico: substâncias utilizadas na realização de peelings superficiais ou médios.

5-fluorouracil: substância combinada com a aplicação da solução de Jessner ou de ácido glicólico. É indicada para o tratamento de queratoses actínicas múltiplas ou campo de cancerização.

Ácido retinoico: substância mais comumente utilizada em forma de cremes de uso domiciliar. Para o peeling, a substância apresenta outra coloração e leva a resultados.

A proteção solar adequada é fundamental para o sucesso do tratamento.

Que devo me atentar e quais as contraindicações para o Peeling Químico?

indicacao_contr-indicacao

Indicação

Tempo de regeneração da pele.

Depois de um peeling químico superficial, a pele se regenera em torno de três a quatro dias. A regeneração nos peelings médios e profundos se inicia 24 horas após sua aplicação e continua por cerca de sete a quinze dias.

Contraindicações

Os peelings químicos não devem ser realizados se houver forte exposição ao sol, em caso de gravidez ou se houver alguma ferida aberta no local a ser tratado. Também não é recomendado o tratamento para pacientes que estejam sob forte estresse físico e mental ou que tenham o hábito de mexer na pele com frequência.

Depoimentos

Ficou com dúvida ou quer saber qual o melhor tratamento para sua pele?

Entre em contato conosco

Santo André

Alameda Francisco Alves, 169
cj. 53-54 – Jardim Santo André/SP

São Paulo

R. Pereira Estéfano, 114 – conj 502
Bairro da Saúde / SP

Agende uma consulta

(11) 945071700
(11) 4992 8448

© 2020 Dra. Vanessa Mussupapo |  CRM-SP: 105.400 | RQE: 36.306 | Dermatologista

plugins premium WordPress