Vitiligo

O que é o Vitiligo?

O vitiligo se caracteriza pela presença de manchas acrômicas na pele, resultado da redução ou da ausência total, nos locais afetados, de células responsáveis pela formação da melanina (melanócitos), que é o pigmento que dá cor à cútis.

Onde pode surgir o Vitiligo?

vitigilo_casal_novo
vitiligo_mancha

As lesões provocadas pelo vitiligo atingem principalmente os genitais, cotovelos, joelhos, face, mãos e os pés.

Dúvidas

sobre os fatores de risco do Vitiligo

O que causa o Vitiligo?

Apesar de as causas da doença ainda não estarem claras, aparentemente o vitiligo está associado a fatores autoimunes, ou seja, na formação de anticorpos que atacam e destroem os melanócitos e inibem a produção de melanina.

É difícil apontar fatores de risco associados ao surgimento do vitiligo, mas é comum a sua associação a outras doenças autoimunes, como as da tireoide e o diabetes.

Como surge o Vitiligo?

O início e a evolução da doença são imprevisíveis, havendo casos em que a mesma pessoa apresenta a regressão de algumas lesões simultaneamente ao surgimento de outras. Uma peculiaridade do vitiligo é que novas lesões podem surgir a partir de ferimentos na pele.

O vitiligo não causa danos diretos à saúde do paciente. No entanto, as manchas podem ter um impacto estético significativo, prejudicando a autoestima, fique atento para não ocorrer isolamento social. Fale com a gente para que possamos auxiliá-lo no tratamento.

Alterações ou traumas emocionais podem estar entre os fatores que podem desencadear ou agravar o Vitiligo

Saiba como podemos ajudar você a tratar o Vitiligo

vitiligo_tratamentos

Tratamento deve ser individualizado

Não há como prevenir as lesões de vitiligo ou impedir a sua progressão, mas o problema pode ser tratado.

A forma e a intensidade da doença variam em cada paciente, de modo que o seu tratamento deve ser individualizado. Determinado medicamento pode trazer ótimos resultados para um paciente e ser ineficaz para outro.

pomadas_vitiligo

Aplicações de loções, pomadas

Os tratamentos são de longo prazo e buscam a correção das alterações que causam o processo de despigmentação ou, então, visam estimular a produção de melanina nos melanócitos existentes nas regiões afetadas. Em geral, envolvem aplicação de loções, pomadas e a exposição ao sol com uso de substâncias fotossensibilizantes.

Técnicas cirúrgicas

Quando o vitiligo é estável, ou seja, quando não surgem mais novas manchas na pele do paciente e as existentes não aumentam de tamanho, é possível tratar a doença com algumas técnicas cirúrgicas, por meio da transferência de melanócitos de outras áreas do corpo para as regiões atingidas pelo vitiligo.

vitiligo_procedimento_novo

Depoimentos

Ficou com dúvida ou quer saber qual o melhor tratamento para sua pele?

Entre em contato conosco

Santo André

Alameda Francisco Alves, 169
cj. 53-54 – Jardim Santo André/SP

São Paulo

R. Pereira Estéfano, 114 – conj 502
Bairro da Saúde / SP

Agende uma consulta

(11) 945071700
(11) 4992 8448

© 2020 Dra. Vanessa Mussupapo |  CRM-SP: 105.400 | RQE: 36.306 | Dermatologista

plugins premium WordPress